Logo TecBan menu
Logo TecBan menu
Fachada TecBan
TecBan
39 anos criando, transportando e compartilhando valor.
o que é cultura digital

O que é cultura digital e quais são os seus impactos?

16/05/2022 14 min de leitura

Sabemos que as exigências do mercado de trabalho atual são cada vez mais amplas. Não basta mais focar em uma especialização. Entender o que é cultura digital e qual a sua importância para as empresas é o novo requisito básico.

Adaptar-se a esse cenário tecnológico é essencial para todo tipo de negócio. A cultura digital permeia as formas de organização, o modo de trabalho e as formas de relacionamento com os clientes.

Neste artigo, traremos uma visão ampla do que é cultura digital, suas características e como ela já faz parte de nossas vidas. Também apresentaremos os impactos que a cultura digital causa nas estruturas das empresas e muda o relacionamento com os colaboradores.

Ao final do texto será possível pensar a cultura digital de forma mais clara e entender como ela pode auxiliar as empresas a se tornarem mais eficientes e competitivas. Vamos lá?

O que é cultura digital?

A cultura digital vem se estabelecendo gradativamente desde a massificação do uso da Internet. Mesmo talvez sem conhecer os conceitos e definições, podemos dizer que a maioria das pessoas atualmente já entende o que é a cultura digital.

A forma como interagimos em sociedade é cada vez mais mediada pelas novas tecnologias e o acesso sempre mais fácil e rápido à Internet. A maneira como pensamos, como nos comportamos, como nos comunicamos dentro dos nossos grupos sociais está se tornando dependente do digital.

Podemos pensar na cultura digital como a relação entre seres humanos e tecnologia, mas não podemos parar por aí. Afinal, qual a diferença entre cultura e cultura digital? Cultura é um termo muito abrangente, mas no seu centro estão as atividades humanas, tudo que criamos para nos comunicar, nos expressar, nos relacionarmos com os outros e com o local onde vivemos.

A cultura digital é justamente a relação, a conexão entre esse mundo cultural e o mundo tecnológico, principalmente com as tecnologias relacionadas ao uso da Internet. Nossos smartphones nos permitem estar em contato com um número enorme de pessoas, sejam elas parte do nosso convívio ou não.

Além disso, possibilitam o acesso a compras, mapas, pesquisas, serviços, música, vídeos, pagamentos e uma infinidade de aplicativos que ajudam a resolver todo tipo de situação.

Quais as características da cultura digital?

As transformações digitais e o impacto que elas causam acontecem cada vez mais rápido. Basta olharmos para algumas datas para entender essa rapidez.

Em 2007, o mundo viu nascer o iPhone. Em 2008, surgiu o primeiro aparelho com o sistema Android. Em 2010 a Samsung lançou o primeiro Galaxy. E hoje, pouco mais de uma década depois, não conseguimos viver sem eles.

Velocidade, atualização constante e atuação de forma global são algumas das características mais marcantes da cultura digital. Vamos olhar mais de perto para algumas características importantes dessa cultura.

Redes sociais

As redes sociais apresentam um foco bastante claro: a interação entre as pessoas. Por meio delas, é possível se conectar com um velho amigo de infância, encontrar alguém do trabalho ou conversar com um amigo íntimo.

O uso das redes permitiu que pessoas separadas por longas distâncias físicas continuassem conectadas e participando do cotidiano umas das outras. 

Uma das primeiras redes sociais, lançada em 1995, a Classmates, tinha a proposta justamente de conectar as pessoas com seus antigos colegas de escola. Eles ofereciam arquivos de anuários que iam de 1920 até 1980 e chegaram a atingir 50 milhões de cadastrados.

Com a criação e popularização dos smartphones e aplicativos, as redes sociais cresceram e se diversificaram. Hoje temos redes focadas em textos curtos e comentários, como o Twitter, redes voltadas para imagens e vídeos, como o Instagram, e redes que mesclam textos, vídeos, imagens e grupos, como o Facebook.

Com um engajamento cada vez maior dos usuários, as redes sociais também ganharam um valor de mercado e são ferramentas cada vez mais usadas pelas empresas para se relacionarem com seus clientes.

Por isso, é de extrema importância saber utilizar esses facilitadores para abrir um canal de diálogo com os consumidores. As redes sociais fazem parte da cultura de inovação da maioria das empresas que buscam se destacar e se manter relevantes no mercado atual.

Internet

Vimos como as redes sociais representam interação, seja entre dois ou mais conhecidos, entre anônimos e famosos ou entre empresas e consumidores. O objetivo comum de todos os tipos diferentes de rede é sempre a conexão. E essa relação só acontece por meio da Internet.

A Internet, apesar de ter sido inventada na década de 1960 para fins militares, começou a fazer parte do cotidiano das pessoas na década de 1990 e aqui no Brasil, realmente se popularizou nos anos 2000.

Em duas décadas vimos nossa vida ser transferida para o mundo digital. A Internet, além de ser um canal de comunicação e interação social, também é uma ferramenta potente de armazenamento de dados e proporcionou a real globalização de produtos.

Hoje, é através dela que acessamos nossa conta bancária, fazemos todo tipo de compras, ficamos por dentro das notícias e de novidades do entretenimento, fazemos pesquisa, assistimos nossos filmes e séries favoritas, pedimos uma pizza e até realizamos uma consulta médica.

Isso só para ficar em alguns exemplos básicos. Foi o surgimento e a utilização em larga escala da Internet que abriu o caminho para a construção da cultura digital.

Tecnologia da informação e comunicação (TIC)

O termo tecnologia da informação e comunicação refere-se a uma soma de recursos tecnológicos distintos que são utilizados com um objetivo específico. Na indústria, por exemplo, as TICs fazem parte dos processos de automação. No comércio, além da publicidade e do marketing digital, também auxiliam no gerenciamento.

No setor de investimentos seu uso é direcionado para acelerar a comunicação e a busca de informações. Já na educação, as TICs podem ser usadas de diversas formas, tanto para aprimorar o ensino presencial quanto para cursos de educação a distância de qualidade.

Geralmente, as companhias que fazem uso da tecnologia da informação e comunicação buscam aprimorar a comunicação tanto interna quanto externa da empresa. E o que isso significa na prática?

Significa que aplicando as TICs, a empresa consegue aperfeiçoar a aprendizagem, automatizar processos, melhorar a experiência do usuário, reduzir gastos e investir em um consumidor cada vez mais satisfeito.

As tecnologias utilizadas atualmente também tem seu suporte na Internet e passam pelo VoIP, os chats, o Help Desk e o bom uso dos e-mails, que continuam muito relevantes tanto para a comunicação interna, quanto para estabelecer um relacionamento com os clientes.

Quais são os impactos no mundo corporativo?

A importância da cultura digital no mercado de trabalho é imensa. Um bom exemplo da aplicação dessa cultura é o varejo omnichannel. O nome parece complicado, mas significa uma unificação de vários canais diferentes para o atendimento ao cliente.

Vamos a um exemplo prático. Um consumidor está interessado em comprar um par de tênis para começar a caminhar. Antes de entrar em uma loja, ele fez uma pesquisa online para tentar encontrar recomendações de um modelo que seja seguro, duradouro e caiba no orçamento dele.

Quando ele entra na loja, talvez já saiba exatamente o que quer, mas ainda sim quer experimentar e olhar outros itens. Depois de se decidir, ele pode finalizar a compra ali mesmo ou pode adquirir o mesmo produto no aplicativo da loja, que está oferecendo um belo desconto.

Outra situação: ele adorou um modelo, mas o número está em falta na loja física e o vendedor consegue achar o mesmo produto no site da loja. Ele faz a compra e ainda recebe o par de tênis em casa.

Todas essas possibilidades integradas fazem parte do varejo omnichannel que oferece uma experiência muito mais completa para o cliente. Dentro da cultura digital, o foco é sempre o cliente e a relação que a empresa consegue construir com ele.

Assim, a cultura digital está transformando a maneira como as empresas operam. Versatilidade, atualização constante e agilidade. Todas essas características da cultura digital estão sendo integradas às empresas que buscam inovação.

Outro exemplo claro são as insurtechs, que se utilizam das tecnologias digitais para acelerar e simplificar a burocracia na contratação de seguros. Além de oferecer canais variados, facilitar a vida do cliente é outro recurso valioso que a cultura digital pode proporcionar.

Qual a importância da cultura digital nas empresas?

A cultura digital transforma a maneira como as empresas trabalham, desde o plano de mídia, que agora integra muito mais canais, até a finalização das vendas.

Ela também transforma atividades corriqueiras, como contratação de novos funcionários. O uso de tecnologia permite agilizar entrevistas, pesquisas, conhecer melhor o nível técnico dos candidatos, além de conseguir integrá-lo ao resto da equipe em menos tempo.

Como já dissemos, o foco das empresas deve estar no cliente. A cultura digital permite melhorar a experiência desse cliente, pois oferece opções variadas para momentos variados de compra.

Quando o cliente consegue comprar com mais facilidade, sente-se ouvido quando faz reclamações, pode trocar produtos ou tem suas sugestões atendidas, ele se torna um cliente fiel.

E a cultura digital não é usada somente na comunicação com os clientes. Ela é também muito importante para a comunicação interna da empresa e serve para integrar diversos setores.

O que muda com a cultura digital nas empresas?

Além do foco no cliente, como já explicamos acima, existem outras mudanças importantes que precisam ser implementadas nas empresas que buscam se atualizar.

O time de colaboradores precisa trabalhar de forma mais integrada. Para que essa cooperação aconteça, é necessário:

  • investir em treinamentos;

  • estimular a criatividade das diversas equipes;

  • colocar em prática sugestões de melhorias;

  • uniformizar os atendimentos;

  • definir como os canais digitais serão utilizados por todos e ouvir as reclamações para procurar as melhores soluções.

Quando funcionários de diversas áreas trabalham de forma cooperativa, fica mais fácil e rápido encontrar novas soluções para agilizar processos que emperram o crescimento da empresa.

Essa cooperação também muda a estrutura de pirâmide das empresas, onde o topo manda e a base obedece. Quando as decisões são tomadas em conjunto, os funcionários se sentem muito mais engajados e motivados a ajudar a empresa atingir seus objetivos.

Além disso, as corporações podem oferecer planos de carreira que não sejam necessariamente subir a famosa escada. Muitos profissionais têm interesse em atuar em áreas diferentes dentro da mesma empresa, aprender funções variadas, se reciclar.

As instituições que permitem essa busca por diversificação contribuem para um ambiente de trabalho mais eficiente. Por outro lado, funcionários dispostos a aprender, a se atualizar, a atuar de formas mais multifacetadas e menos estritas também sairão na frente dentro do contexto da cultura digital.

Mais flexibilidade

Nesse novo modelo de cultura também há mais espaço para a flexibilidade. Os funcionários podem trabalhar por metas e não somente por horários e rotinas rígidas. Autonomia, experimentação e recompensa pelo trabalho bem-feito são mais pontos que integram as inovações dentro das empresas.

O digital trouxe para nosso mundo de forma geral e para as empresas em particular a agilidade da interação, da conexão. E isto nos fez perceber que o trabalho pode ser feito de diferentes lugares. Funcionários de uma empresa multinacional, por exemplo, podem trabalhar em colaboração com pessoas de diferentes países de forma muito mais prática.

Para encerrar, vamos recapitular conceitos-chaves sobre o que é cultura digital. Cultura é interação humana e digital é a tecnologia que usamos para alcançar essa interação.

Os comportamentos sociais, dos mais diversos tipos, sejam os mais íntimos ou os mais burocráticos estão sendo mediados pelos canais digitais. Esses canais incluem as redes sociais, os sites de empresas públicas e privadas, os aplicativos para smartphones e toda forma de interação que a Internet permite.

Nossa cultura como um todo já está incorporada ao digital e as empresas estão fazendo uso das tecnologias de informação de forma cada vez mais eficiente. Fazer com que uma empresa atue conforme as características da cultura digital é a meta para continuar competindo no mercado global.

Quer conhecer mais sobre o universo da cultura digital? Para você se aprimorar nesse domínio, sugerimos o artigo sobre mídia DOOH e sua importância. Boa leitura!

Comentários (0)

Carregar mais comentários